segunda-feira, 1 de setembro de 2008

O Corpo Humano - Um Universo em Miniatura

Foto: "Viagem Fantástica", 1966 (saiba mais lendo o comentário de Tina Andrade)


Existe um provérbio chinês muito antigo que não é somente uma filosofia e nem se trata de um provérbio qualquer, mas sim de uma “
Grande Verdade”, que diz: "O Corpo Humano é um Universo em Miniatura".

Quando nos conscientizamos dessa verdade, também nos conscientizamos da "tamanha" a sua
grandiosidade e aprendemos a valorizá-lo, mas não no sentido da “vaidade” (que é como infelizmente, muito se vê hoje em dia), mas sim no sentido de verdadeiramente dar valor” a essa maravilha que é o nosso corpo, com os seus trilhões de células, trabalhando silenciosa e ininterruptamente, para “literalmente” nos manter vivos aqui.

Para mim isso é sem dúvida nenhuma a maior
expressão da Divindade para conosco. Portanto, eu considero o meu corpo físico um “Templo Sagrado”.

A tudo o que nos acontece, o nosso corpo tem uma capacidade
fantástica de se adaptar com certa facilidade, e a nossa mente condiciona-se também com facilidade, sejam em situações inesperadas, em circunstâncias que nos envolvam em dificuldades ou mudanças de qualquer espécie, enfim, a tudo o que possa vir a acontecer conosco.

E é justamente para que o meu corpo e a minha mente não se
acomodem com certas limitações físicas na qual ainda me encontro atualmente, eu procuro me empenhar bastante trabalhando com meu corpo através de estímulos, ou seja, com exercícios diários (mas sempre com moderação).

Quanto a minha mente, procuro ficar muito atenta aos pensamentos que inevitavelmente surgem a todo instante, pois acredito que quando damos muita atenção a um determinado pensamento, ele acaba se tornando
maior do que realmente é, e fatalmente acaba de alguma forma nos influenciando muito.

Por essa razão, quando eu sinto que pensamentos negativos (que apenas me fazem desanimar) começam a surgir, eu simplesmente tento pensar apenas coisas
positivas (que me enchem de otimismo).

***************************************************************************

Um comentário:

tinandrade disse...

Wow! Sabe, você tem razão: o homem guarda em si o universo. Você sabia que nosso corpo tem rigorosamente TODA a matéria existente no universo? Dentro de nós temos de ferro à pó de estrelas!

Eu gostaria de sugerir o filme VIAGEM FANTÁSTICA (foto), um clássico de 1966 no qual a personagem do cirurgião Dr. Duval frente às maravilhas que estava presenciando no interior do sofisticado corpo humano, faz um comentário especial sobre sua primeira impressão ao navegar pelas veias e artérias no início da viagem: “Os filósofos medievais estavam certos. O Homem é o centro do Universo. Estamos no meio do infinito, entre o espaço interno e o sideral. E não há limites para ambos.”

Perto do chegar ao cérebro, ele diz: - “Mesmo que todos os sóis que iluminam os corredores do Universo brilhem menos ante às chamas de um único pensamento, proclamando a glória incandescente: a infinita mente do Homem.”

De volta ao tempo presente, uma polêmica exposição no Detroit Science Center mostra como realmente somos por dentro!

Polêmica, porque ao contrário de muitas outras mostras anteriores, esta ustilizou 20 cadáveres dissecados e esvendrados. Uma técnica especial removeu toda a gordura e substituiu por um composto plástico. Desta forma, além de eliminar qualquer possibilidade de odor, permitou que os corpos pudessem ser abertos, completamente expostos, cada fibra, músculo, artéria, tendões, tecido, pele, ossos,... Impressionante!

A polêmica gira em torno da origem dos corpos (chineses): uns dizem ter sido doados à ciência; outros já afirmam serem corpos de prisioneiros que teriam sido executados e seus corpos "aproveitados" para este fim.

Um "mistério" muito ALÉM DA IMAGINAÇÃO...

O website da exposição - OUR BODY THE UNIVERSE WITHIN - ACTUAL HUMAN BODIES - é o http://www.detroitsciencecenter.org/events/OurBody_exhibit.htm