quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

AMOR



Amor é a forma mais elevada de energia que preenche a Alma Humana.

Amor é Liberdade.

Amor não discrimina, Amor inclui, sempre.

Por isso nunca pode ser egoísta.

O Amor possui extraordinário poder curativo capaz de mudar completamente a vida de muitos.

Amor é o estado verdadeiro e original da alma.

A necessidade do momento é relembrar esse estado Amoroso de Ser”.


(Mensagem BK)


******************************************************************************


terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Equilíbrio



"Equilíbrio é a habilidade de olhar para a vida a partir de uma perspectiva clara - fazer a coisa certa no momento certo.
Uma pessoa equilibrada será capaz de apreciar a beleza e o significado de cada situação, seja ela adversa ou favorável.
Equilíbrio é a habilidade de aprender com a situação e prosseguir com sentimentos positivos.
É estar sempre alerta, ser totalmente focado, e ter uma visão ampla.
Equilíbrio vem do entendimento, Humildade e Tolerância.
O mais elevado estado de equilíbrio é voar livre de tudo e, ainda assim, manter-se firmemente enraizado na realidade do mundo."

(Mensagem BK)


****************************************************************************

sábado, 8 de janeiro de 2011

Quem é você?



Observo que é muito comum que as pessoas em geral reclamam, reclamam, reclamam...
E muitas vezes nem sabem do que ou por que de estarem reclamando tanto...

Para reverter esse quadro...
Necessário, que se faça uma "busca" dentro de nós mesmos (no nosso Interior)...

Voltar a ter consciência de que TODOS(AS) nós temos a nossa LUZ INTERIOR...
Já que SOMOS LUZ...

ACREDITAR que VOCÊ tem a SUA LUZ INTERIOR...
E que é portador(a) de TODAS as Virtudes...

É uma urgência!

********************************************************************************

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Com Carinho...



***************************************************************************************

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Nasce o MIV - Movimento pela Inclusão Visual


Depois da repercussão do post sobre Como a fotografia pode ser 'vista' por uma pessoa com deficiência visual, o Clube da Imagem Fotográfica da Região do Alto Tietê (do qual Marisa é também diretora), aqui simplesmente chamado "Fotoclube do Alto Tietê" lança o MIV - Movimento pela Inclusão Visual, no intuito de sensibilizar fotógrafos profissionais, amadores, desenhistas, ilustradores, webdesigners e demais conteudistas/provedores de imagem, para que doravante passem a descrever suas imagens em arquivos digitais e/ou veiculadas na internet.

Da mesma forma, sensibilizamos bancos de imagem públicos e privados,
blogs e outros mecanismos de submissão para que incluam um campo descritivo no quadro de diálogo com o usuário que deseje fazer o upload (subir) das imagens.

Lembramos que arquivos fechados (protegidos) não podem ser convertidos pelos
softwares que transformam textos em sons, permitindo que possam ser descritos para as pessoas com deficiência visual ou cegueira.

Nós, videntes, só temos a ganhar ao conseguir com que alguém assim tão especial, consiga vislumbrar nossas imagens por meio das palavras.

Utilize este botão em seu
blog ou website, adquira o nosso bottom e junte-se a nós neste movimento pela inclusão visual.

Descrição do símbolo do movimento:

Sobre um botão na cor laranja envolto por uma linha preta, está o desenho chapado (em traço) de um olho amendoado e no lugar da íris, a simulação de um obturador de câmera fotográfica, nas cores (sentido do relógio) verde, vermelho, cinza, amarelo, magenta e ciano - ao centro um hexágono preto. Sob o desenho a sigla MIV em letras espessas.

**********************************************************************************

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Mensagem para TODOS(AS)!


*Ps: Foto tirada por mim com muito AMOR, exclusivamente com o propósito de fazer este cartão.

*******************************************************************

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Simplicidade




“Silêncio é a simplicidade da fala.
Modéstia é a simplicidade do sucesso.
Contentamento é a simplicidade da busca.
Serenidade é a simplicidade da mente.
Humildade é a simplicidade da conduta.”


“Pessoas com Simplicidade e Humildade:
(1) Aceitam pontos de vista divergentes sem se perturbar;
(2) Cooperam com os outros de forma natural;
(3) São queridas por todos;
(4) Enfrentam as situações facilmente;
(5) Evitam pensamentos inúteis e criam pensamentos elevados;
(6) São limpas e claras mentalmente;
(7) São verdadeiras, flexíveis e honestas;
(8) Aplicam um freio nos pensamentos desgovernados;
(9) Não evitam ninguém porque cultivam sua própria Paz Interior;
(10) Agem com naturalidade e apreciam a sua liberdade.”

(BK Surendram)


*******************************************************************************


terça-feira, 16 de novembro de 2010

P, P, P... Sempre e para Sempre!



P, P, P = Paciência, Persistência e Perseverança.
Dar o "primeiro passo" para... Começar...ou RE-Começar... ou Continuar...
Seja para o que for na Vida, a
s 3 P(s), são fundamentais...
O post de hoje irá "fugir" do habitual 'posts curtos', pois farei um relato de como foi o meu RE-Começo, após a 3ª cirurgia...
Assim que tive alta do hospital e retornei para casa em 2000, imediatamente comecei a fazer o tratamento fisioterápico que foi feito pela Wilma (amiga e fisioterapeuta), a quem sou e serei eternamente grata por tudo.

Ela vinha a minha casa, três vezes por semana e no início do tratamento, apenas preparando o meu tônus muscular, com o objetivo de que o meu corpo adquirisse “
amplitude de movimentos (já que na ocasião, havia se perdido totalmente).

E +/- 40 dias depois de dado início ao tratamento, o meu tônus muscular já tinha uma boa melhora, o que me possibilitou a fazer alguns exercícios sozinha na cama, mesmo estando deitada...

E então, nos dias em que a Wilma não vinha em casa, eu me exercitava sozinha, mas sempre sob a orientação dela.

Assim, aos poucos, fui tendo progressos, e com mais algumas semanas (exatos dois meses completos depois da cirurgia), consegui descer sozinha da cama e me locomover (grande conquista)... de início rastejando pelo chão, já que as faltas de equilíbrio e de força, me impediam até de engatinhar, muito menos ficar de pé.

Eu estava um tanto... desengonçada, ou melhor, eu estava muito desengonçada no início dessa nova etapa, mas para mim isso não tinha a menor importância, pois a cada dia que passava ficava mais claro e evidente que eu não estava errada em acreditar que “aquele era o caminho certo”...

Afinal de contas era a minha primeira grande conquista, e a que indicava que era só o começo de muitas outras que eu ainda poderia vir a conseguir, o que me deixava muito, mas muito feliz e ainda mais otimista.

Alguns dias depois, com a companhia de uma ajudante, eu comecei a andar com o apoio de um andador, cuja uma pessoa muita querida havia me emprestado.

Posso dizer com certeza de que foi “a fase dos tombos”, porque, como eu estava praticamente sem equilíbrio nenhum, os tombos eram inevitáveis... e muito freqüentes mesmo...

Sempre que eu caía, eu pensava... “Se eu quiser sair dessa, eu tenho que continuar tentando... eu sei que vou conseguir..., e depois se eu cair, sei que do chão não passo...” (risos)

Este pensamento me fazia continuar sempre e não desistir nunca.

E assim, se passaram alguns meses, até que, com o fortalecimento das pernas e dos braços, eu comecei dar alguns passos com maior segurança deixando
o andador um pouco de lado, me apoiando apenas na pessoa que me ajudava...

Mas mesmo assim, eu precisava ficar bastante atenta a cada movimento meu, pois qualquer descuido, era “tombo na certa”...(risos)

A partir daí, eu comecei a andar todos os dias em um corredor externo, que há aqui em casa, fazendo muitas idas e vindas, e assim fui melhorando um pouco mais a cada dia...

Até que a
Wilma, me liberou para andar pela calçada da rua, dando a volta pelo quarteirão de casa.

Nessa fase, as visitas da Wilma passaram a ser semanais, pois “a fase crítica” eu já havia superado, e não era mais necessário que ela viesse três vezes por semana como no início...

Já que, com a minha melhora, diariamente eu estava conseguindo fazer sozinha uma série de exercícios que ela mesma me orientava.

Aos poucos, a volta pelo quarteirão, foi sendo substituída por pequenas caminhadas pelo bairro onde moro. E assim o tempo foi passando...

4 meses depois, eu havia conseguido obter progressos muito significativos, o que me possibilitavam a fazer algumas coisas que meses atrás eram impossíveis como, por exemplo:

Dar alguns passos pela casa apenas me apoiando nas paredes ou móveis e fazer algumas necessidades básicas sozinha, como:
Ir ao banheiro, pentear os cabelos, escovar os dentes e vestir uma roupa.

E foi quando, após exatos quatro meses e 13 dias, a Wilma (fisioterapeuta) me deu uma “semi-alta”, me passando para um trabalho de condicionamento físico, sob a orientação de um profissional dessa área para isso, que no caso, foi o professor Marcos Moura.


Aqui eu conto um pouquinho como foi essa 'nova etapa'.

Deixo estes dois posts aqui e aqui, pois falam da importância de Perseverar... e sempre com Paciência e Persistência
.

Boa leitura!

**********************************************************************************

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Alegria é do AMOR.


Alegria é do AMOR...
Alegria é uma Energia Sagrada...
Alegria é um estado interno e
espontâneo do Ser...

Quando se é necessário um 'motivo' para ser/estar alegre,
Então é porque esta alegria é externa e não interna...

"... é preciso ter consciência de que a tristeza é uma energia poluidora, com muitos resíduos tóxicos geradores de enfermidades psíquicas e somáticas, enquanto que a Energia da Alegria é limpa e gera saúde."
(Oliveira Fidelis Filho)

A Alegria mais Autêntica, Sincera e Explícita que conheço, é o do
Piti (o meu "anjinho de quatro patas").

****************************************************************

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Pensamentos



“Ao manter constante um pensamento, mais poder dou a ele.

Pensamentos positivos dão energia e força.

Pensamentos negativos roubam poder e geram cansaço.

Eu não posso controlar os outros, as situações ou as circunstâncias, mas definitivamente eu posso controlar o que está acontecendo dentro de mim.

Eu mudo através da escolha consciente dos pensamentos.

Ao mudar um pensamento fraco por um forte, eu elevo minha energia.

Leva tempo para mudar velhos padrões de pensar, mas a boa notícia é que somos positivos por natureza.”


(BK Jyotsna, Inner Synergy, The World Renewal, 2009)


***************************************************************************