segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Nasce o MIV - Movimento pela Inclusão Visual


Depois da repercussão do post sobre Como a fotografia pode ser 'vista' por uma pessoa com deficiência visual, o Clube da Imagem Fotográfica da Região do Alto Tietê (do qual Marisa é também diretora), aqui simplesmente chamado "Fotoclube do Alto Tietê" lança o MIV - Movimento pela Inclusão Visual, no intuito de sensibilizar fotógrafos profissionais, amadores, desenhistas, ilustradores, webdesigners e demais conteudistas/provedores de imagem, para que doravante passem a descrever suas imagens em arquivos digitais e/ou veiculadas na internet.

Da mesma forma, sensibilizamos bancos de imagem públicos e privados,
blogs e outros mecanismos de submissão para que incluam um campo descritivo no quadro de diálogo com o usuário que deseje fazer o upload (subir) das imagens.

Lembramos que arquivos fechados (protegidos) não podem ser convertidos pelos
softwares que transformam textos em sons, permitindo que possam ser descritos para as pessoas com deficiência visual ou cegueira.

Nós, videntes, só temos a ganhar ao conseguir com que alguém assim tão especial, consiga vislumbrar nossas imagens por meio das palavras.

Utilize este botão em seu
blog ou website, adquira o nosso bottom e junte-se a nós neste movimento pela inclusão visual.

Descrição do símbolo do movimento:

Sobre um botão na cor laranja envolto por uma linha preta, está o desenho chapado (em traço) de um olho amendoado e no lugar da íris, a simulação de um obturador de câmera fotográfica, nas cores (sentido do relógio) verde, vermelho, cinza, amarelo, magenta e ciano - ao centro um hexágono preto. Sob o desenho a sigla MIV em letras espessas.

**********************************************************************************

12 comentários:

aldrey disse...

Oi querida tem presente pra vc no meu blog,bjs e um FELIZ NATAL!!

Isa Grou disse...

Olá Aldrey!

Muito obrigada, viu?!
Vou lá agora mesmo...
Igualmente p/ você querida, FELIZ NATAL!

Beijos.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

que bacana essa idéia! não conhecia esse miv, queria saber mais como ele funciona. vou pesquisar mais sobre o assunto
vim deixar um grande abraço e aproveito pra te desejar um excelente natal pra vc e os seus, com mta paz, amor e fraternidade.
E que o novo ano de 2011 seja um ano muito bom!

Maria de Fátima disse...

Olá querida Isa, linda idéia.Festas Felizes para ti e para os teus.Beijocas grandes.

Isa Grou disse...

Olá Alexandre!

Obrigada, viu?!
Acessando o link (blog) do artigo, vc encontrará mais informações, ok?
Tudo de bom p/ vc também meu amigo!

Beijos.

Isa Grou disse...

Olá Maria de Fátima!

Muito obrigada e igualmente te desejo Festas Felizes para você querida.

Beijos.

Astrid Annabelle disse...

Que bacana Isa querida!
Linda idéia.
Passei por aqui para te desejar

"Meeri Kurisumasu"

e lhe dizer mais uma vez

Watashi wa anata o aishiteimassu

Muitos beijos sempre,VIU?!
Astrid Annabelle

Isa Grou disse...

Olá Astrid querida!

"Meeri Kurisumasu" to you too!!!
Thanks darling.

Love youuuuuuuuu.
Kisses.

Gislene disse...

Oi, Isa!

Te convido para uma visita ao meu blog!
Fiz uma postagem sobre João de Deus, o médium brasileiro de Abadiânia. Você o conhece, amiga?
Espero sua visita!

Um abraço,

Gislene.

Isa Grou disse...

Olá Gislene!

Já fui e acabei de voltar, e adorei sua postagem e tudo que vi...... e também deixei um comentário p/ vc, viu?!

Beijos.

Gislene disse...

Querida Isa,

Quando chega a noite, repousamos nossa cabeça e fazemos um balanço do que foi nosso dia. No fim do mês fazemos balanço das nossas contas...e quando o ano se finda, costumamos refletir sobre o que foi nosso ano.

Fechamos pra balanço.

Começamos a puxar pela memória para trazer à tona tudo o que nos aconteceu nesse último ano.

Talvez tenhamos passado por momentos difíceis, dolorosos mesmo onde, muitas vezes chegamos a nos perguntar sobre o sentido de nossa vida. Mas o passar dos dias acabou amenizando esse sentimento. Porque o tempo, se passa rápido ou lentamente, ameniza todas as coisas. E é curioso como, mesmo revivendo na memória, as coisas já não fazem mal como antes... naquele momento de dor, tínhamos a certeza absoluta que isso jamais passaria.

Sofremos perdas irreparáveis, dessas que não é possivel voltar atrás, por mais que tentemos. Mas ganhamos em experiência.

E, entrelaçados a esses momentos de tristezas, houveram as alegrias. Desses momentos em que desejamos que o relógio do tempo pare. Uma onda de emoção nos invade ainda, um sorriso aflora e temos a impressão que nosso rosto se ilumina... é importante trazer esses momentos sempre vivos para que nos ajudem quando a maré estiver baixa.

E nesse mar da vida, onde nadamos e fomos levados, chegamos, finalmente, ao porto do próximo ano. Sobrevivemos e, malas prontas e cheias de experiências, nos preparamos para uma nova embarcação. Talvez nova direção.

Mas, olhando o que passou, nessa contabilidade de momentos vividos, pesando os prós e os contras, chegamos à conclusão que o saldo final é positivo. Todos os que chegamos até aqui temos saldo final positivo, mesmo se durante o ano as coisas negativas tentaram nos afetar. Se não fosse assim, não teríamos chegado até aqui.

E vamos começar o novo ano com um grande presente desse Deus Pai que esteve conosco durante todo esse ano: uma nova oportunidade!

Temos nas mãos a chance de recomeçar, reconstruir. Nem todos tiveram, mas a nós está sendo dada essa ocasião. Somos privilegiados. E nesse novo ano, mesmo se não podemos ser pessoas novas, podemos nos sentir pessoas renovadas, fortes o bastante para sobreviver às provações, fortes o bastante para conquistar novas vitórias.

Letícia Thompson.


...Um lindo 2011 à você!...

Com carinho,Gislene.

Isa Grou disse...

Olá, Gi!

Sim... o saldo final é, com certeza, sempre POSITIVO!

Um lindo 2011 p/ vc também querida.
Beijos.