sexta-feira, 3 de julho de 2009

Virtudes....


Todos nós seres humanos "guardamos" dentro de nós, todas... eu disse TODAS... as Virtudes.

É uma ilusão pensarmos na possibilidade de nós não termos "umas ou outras" virtudes...
Elas são como "diamantes brutos" esperando pacientemente para serem lapidados e poderem emergir de dentro de nós...
E esse trabalho de "lapidação", é único e exclusivamente nosso!

Temos sim, virtudes "lapidadas ou semi-lapidadas" que já se manifestam exteriormente,
mas as imperfeições no seu estado "bruto" ainda são muitos...
Ainda há muito trabalho a fazer..., mas não se assuste...
Pois são exatamente essas imperfeições, os "lapidadores" de nossas virtudes...

Por exemplo:
Como exercitaríamos a Bondade sem a maldade?
Como exercitaríamos a Paciência sem a intolerância?
E o AMOR por tudo e por todos... como exercitaríamos?

Por essa razão, é preciso compreender e aceitar as nossas imperfeições, e se esforçar para ocorrer a transmutação...
Acredite... você tem esse poder!

*************************************************************************


12 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Olá Isa!
Uma ótima chamada à consciência!
Belo post amiga!
Um beijão
Astrid Annabelle

Isa Grou disse...

Olá Astrid!

Muito obrigada, viu!

Grande beijo.

Nanda Botelho disse...

Concordo plenamente! Somos um todo imenso com todas as virtudes e falhas, se nos conhecemos e nos aceitamos podemos escolher quais usar e em que momento. Porque defeito é virtude no lugar errado!

Bjão!

Chica disse...

Maravilho,Isa! Temos que conviver com o lado ruim, transformá-lo no boim e até valorizamos mais então o bom.beijos e lindo fim de semana,chica

Isa Grou disse...

Olá Nanda!

Isso!!!
Somos o Micro-cosmo dentro do Macro-cosmo...

Beijos e ótimo fim-de-semana.

Isa Grou disse...

Olá Chica!

Muito obrigada, viu!
É assim que tudo funciona...

Para você também... um ótimo fim-de-semana!
Beijos.

Fada Moranga disse...

Querida Isa, depois de conhecer melhor as suas palavras têm outro som, são música!
O seu Galho da Felicidade também poderá ser como uma flauta mágica, que espalha música para os ouvidos de boa vontade...;-)

Muito bonito!
Bem haja!
Beijos**deFada

Isa Grou disse...

Fada querida!

Se Deus quiser... que assim seja! (tomara que Ele queira, pois como sabes é o meu desejo)
Muito obrigada pelas suas lindas palavras, viu!

Grande beijo.

FadaMoranga disse...

Eu acho que quer sim... viu? ;-)))

Beijos***deFada

Isa Grou disse...

Fada,

Acho que "captei" a sua mensagem... sera??? *rsrs

Beijos.

Silvia Dutra disse...

Concordo plenamente com você. E como adoro poesia, vou te passar essa que fala sobre isso, de uma poeta e atriz brasileira que eu acho ótima: Elisa Lucinda. Diz assim
A vida não tem ensaio
Mas tem novas chances
Viva a burilação eterna
as possibilidades,
o esmeril dos dissabores
Abaixo o estéril arrependimento
a duração inútil dos rancores
Um brinde ao que está sempre em nossas mãos.
A vida inédita pela frente
e a virgindade dos dias que virão.

Não é linda? Beijos pra você

Isa Grou disse...

Olá Silvia!

Linda, linda poesia!
É isso! "Um brinde ao que está sempre em nossas mãos."
Adorei!!!
Obrigada!

Beijos.